Transtorno de Ansiedade de Separação

admin Sem categoria Deixe um comentário!  

A característica essencial do Transtorno de Ansiedade de Separação é a ansiedade excessiva envolvendo o afastamento de casa ou de figuras importantes de vinculação.

Quando a criança se afasta dos pais ou de seus cuidadores e temem que algo de ruim possa acontecer a si mesmo ou aos seus cuidadores, em consequência passam a ter um comportamento excessivo de apego.

Quando a criança vai se ausentar ou o afastamento realmente ocorre, manifestações somáticas de ansiedade, tais como dor abdominal, dor de cabeça, náusea e vômitos são comuns. Esses sintomas prejudicam a autonomia da criança, que não deseja mais ir à escola, tem medo de dormir sozinha e sempre quer alguém por perto.

Como a família pode ajudar a criança

  • É preciso trabalhar com a criança sua autonomia para que ela possa se sentir segura;
  • Transmitir confiança e segurança para a criança;
  • Ajude a criança a compreender seus medos;
  • Quando a criança sente segura com os seus familiares ela consegue confiar mais em outras pessoas.
  • Ajude a criança a interagir com outras pessoas;

 

O transtorno de ansiedade de separação deve ser tratado o mais precocemente possível, para aliviar o sofrimento da criança e para prevenir maiores complicações na vida adulta.

Copyright 2014 – Psicóloga Keila Oliveira Paulin- Todos os direitos reservados
Ausência Temporária

A Psicóloga Keila estará de licença maternidade. Nesse período não estará realizando atendimento clinico.

Dúvidas pelo e-mail

 

psicologakeila@hotmail.com

×